Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A criança que existe...

passadeira.jpg

 

Crianças sempre conseguem arranjar pequenas coisas para desfrutarem da brincadeira, mas mesmo quando já somos adultos quem nunca saltou pelas linhas brancas das passadeiras ou foi pisando o risco mais escuro da calçada sem sair da linha ao longo de alguns metros?

Ah pois é, quem nunca subiu os degraus das escadas dois ou dois ou mesmo a três? E quem nunca na auto estrada colocou um objetivo de alcançar determinado carro para o ultrapassar antes de chegarem a determinado local?

Não são só as crianças que criam brincadeiras instantâneas e simples assim do nada porque por vezes vamos tão distraídos no nosso dia-a-dia que acabamos por só perceber sobre o que estamos a fazer neste estilo de brincadeiras quando já estamos inseridos nelas, de forma a ocupar o tempo e um pouco a mente em determinado momento. 

Existem situações em que teremos sempre um pouco de criança. E não é bom ser assim?

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.