Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Informador

A Festa da Festa

a festa tvi

O prometido aquando da apresentação da novela Festa é Festa ao público acabou por ser cumprido no dia exato. A realização da Festa que dava o mote para a novela aconteceu e mais uma vez, por muito que se critique, a equipa de direção de Cristina Ferreira conseguiu fazer diferente e acabar por surpreender os espetadores. 

Com uma emissão longa que se iniciou pelas 10h00 até às 20h00 e que somente foi interrompida pelo noticiário da hora de almoço, A Festa de Festa é Festa aconteceu para celebrar o final da primeira temporada do sucesso que surgiu de uma ideia da diretora do canal e que rapidamente ganhou vida pela mão de Roberto Pereira e da sua equipa de escrita. A novela ganhou forma, rapidamente chegou junto do público e de imediato surgiu a confirmação de uma segunda temporada.

Mas hoje vou falar do evento que decorreu em direto no passado Sábado, 25 de Setembro, onde mais de três dezenas de artistas musicais subiram ao palco montado na aldeia onde as cenas de exteriores são gravadas, o elenco da novela marcou presença em modo personagens do início ao fim, apresentadores divertidos e mesmo com toda a confusão estiveram sempre bem e A Festa aconteceu num evento que a meu ver como espetador do início ao fim foi bem complicado de organizar no pré e ao longo de toda a emissão. Centenas de pessoas a trabalharem em simultâneo para tudo passar para o ecrã de forma profissional e sem falhas, corridas de um lado para o outro, atores a improvisarem por conhecerem bem as suas personagens, apresentadores a seguirem a linha, convidados a saberem que existia necessidade de interação com a ficção e o próprio público presente no local, com direito a enchente que já não se via há muito em televisão, a falarem como se as personagens fossem pessoas reais. 

A Festa mostrou que Cristina Ferreira tem do seu lado a equipa que sabe fazer diferente. Cristina sabe fazer televisão e sabe o que em casa se quer ver e neste especial conseguiu provar isso mesmo. Pegou num Somos Portugal especial, alterou os apresentadores, juntou a ficção, teve a sorte de já poder existir público nestes eventos e tudo correu na perfeição ao longo de uma emissão com nove horas em direto que acabou já ao início da noite com o final da primeira temporada da novela. 

Ficção e entretenimento juntos num espetáculo que as más línguas continuarão a criticar e que os outros, que gostam de ver televisão feita por quem sabe e onde se tenta mostrar a diferença, irão aplaudir. A Festa da Festa correu melhor que o esperado e mostrou mais uma vez que com a união de boas equipas nas diversas áreas do canal o melhor é transmitido para junto do público. Saber fazer diferente é importante no panorama televisivo atual e esta Festa provou que é possível sempre pegar no que está feito, mexer e voltar a dar com ligeiras alterações. 

festa é festa.jpg

1 Comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.