Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Mariza da Cristina

Cristina 2.jpeg

 

Abril está aí e o dia 7 já se foi, com isso saiu para as bancas nacionais o segundo número da revista Cristina e com uma convidada bem especial, Mariza, a voz do fado. 

Voltando com o mesmo género da edição de estreia, a revista de Cristina Ferreira mostra que não entrou no mercado para brincar por uns meses e sair de cena. Com reportagens bem cuidadas, temas da atualidade, vários momentos insólitos, moda, beleza e amor, o destaque central está mesmo na grande entrevista a Mariza realizada em jeito de Alta Definição pela apresentadora. Tocando nas origens da fadista e falando de como o filho é importante na vida desta cantora que o podia ter deixado de ser se o pior tivesse acontecido aquando do nascimento de Martim, esta entrevista de mulher para mulher tem mais que isso, tem alma e corações que fazem tudo pelos filhos. O fado, viagens, doenças e negócios, tudo cabe e serve para uma boa reportagem ou entrevista em Cristina, a revista mensal dos três euros que já comecei a coleccionar. 

Esta é a revista da estrela que cresceu a brilhar e que tem conquistado em diversas áreas, causando grande inveja por quem está de fora. Dedicada e empenhada no que tem feito, neste momento Cristina Ferreira é mais do que um nome, é uma empresária de sucesso que tem dezenas de pessoas a trabalhar para si pelos vários projectos a que dá o nome e a cara. Se ela consegue, parece que sim e só a si diz respeito. Como o Goucha disse por umas destas manhãs, a força de Cristina causa bastante inveja neste mundo, é um facto! 

Quando chegará o próximo dia 7 para o terceiro número sair para as bancas? Espero que o convidado seja tão bom como o foram o professor Marcelo Rebelo de Sousa e a fadista Mariza que revelaram pormenores bem íntimos das suas vidas tão reais como qualquer uma!

3 Comentários

  • Mudaste então a tua opinião quanto a Cristina pessoa, foi isso? No que toca à apresentadora simplesmente acho que a mesma se adequa aos formatos pelos quais dá a cara. Já a vimos em vários estilos e sempre tem conquistado, isso deve querer dizer muito, não?
  • Sim. Posso dizer que a minha opinião mudou. Sem dúvida. Compreendo que para aqueles modelos de programas a postura tenha de ser essa e, por isso, não me atraia como apresentadora. Mas que resulta na sua carreira, as provas estão à vista. Prefiro continuar a ignorar os seus programas na TVI e ficar com a imagem positiva que tenho dela.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.