Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Universitários-billboard

Atenção livreiros

O que passará pela cabeça de quem está à frente de uma livraria para colocar etiquetas com os preços nos livros daquelas que custam a sair e ainda deixam marca no produto? A sério mesmo que os senhores não fazem o teste e não pensam em colocar etiquetas que sejam facilmente retiráveis e sem deixar qualquer marca?

São as etiquetas dos preços que são colocadas pelos livreiros e aquelas famosas chamadas de atenção de capa a revelarem que o livro já conta com várias edições. Livrarias, distribuidores e editoras é tudo farinha do mesmo saco no que toca a colar tudo e mais alguma coisa nos livros para que vendam e fiquem com mais alguma coisa chamativa perante os futuros compradores.

O pior mesmo é depois quando chegamos a casa e queremos tirar o que está tão bem colado e que se torna difícil de arrancar!

4 Comentários

  • E se a capa for mais normal? Tenho vindo a tirar aos poucos os restos! Parece que se tirar um pouco, passado um ou dois dias aparecem novos vestígios que conseguem ser tirados! Aos poucos tenho conseguido tirar o que vai aparecendo em menor escala!
  • Sem imagem de perfil

    Cris

    31.05.15

    Se a capa for, por exemplo, do género dos diários de Miguel Torga da Coimbra editora, em que a capa é de um cartão fininho sem tratamento nenhum, experimenta usar o pó a teu favor: põe um pouco de pó de talco na parte da cola e vai tentando enrolá-la com o dedos. (esta não experimentei, mas lembrei-me dela quando falaste em pó).
  • Talvez não fosse mal pensado! O livro que tinha a etiqueta complicada de tirar é o Enquanto Salazar Dormia de Domingos Amaral e lançado pela Casa das Letras. Aos poucos a etiqueta tem saído, mas também todos os dias tento tirar um novo bocado!
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.