Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Informador

Chegou o IVAucher

IVAucher

Dia 01 de Junho de 2021 assinalou o arranque do programa público IVAucher, onde os setores do alojamento, cultura e restauração vão sair beneficiados e ajudar os consumidores a poupar. Segundo a explicação tornada pública, o IVAucher pretende estimular o consumo nestas três áreas que foram bastante afetadas nestes tempos de pandemia. 

A intenção será acumular o valor do IVA nestes três setores e depois poder gastar esse mesmo valor mais tarde. Numa primeira fase, de 01 de Junho a 31 de Agosto, os consumidores vão acumular o valor nestes três setores se pedirem NIF no ato das compras. Na segunda fase, ao longo do mês de Setembro, teremos de validar as faturas para se apurar o valor que poderá ser utilizado de 01 de Outubro a 31 de Dezembro nos três mesmos setores - alojamento, cultura e restauração - num limite de 50% por compra. Ou seja, primeiro pagamos o IVA, depois confirmamos para poder reutilizar o total do valor gasto em futuras compras e em metade do valor das faturas dentro dos setores permitidos na campanha. 

A acumulação do valor é feita de forma automática e depois será necessário, na fase de aprovação, visitar o site do IVAucher ou no Portal das Finanças, existindo também a aplicação do IVAucher onde tudo pode ser visto e explicado, havendo ainda a possibilidade de adesão num operador de pagamentos Pagaqui espalhados pelo país para a possível validação ser feita dentro do prazo. 

Na informação disponível é ainda possível ficar a saber que para a acumulação de saldo a forma de pagamento em cartão ou dinheiro é indiferente, já mais tarde para descontar o valor do pagamento terá de ser feito em cartão através do saldo bancário do cartão que ficar associado com o NIF neste programa, o que não percebi ainda muito bem.

Alguma informação ainda me parece meio confusa e ao mesmo tempo vejo que este programa lançado pelo Governo não está a ser promovido junto dos consumidores e comerciantes de forma certeira, talvez numa tentativa de depois poderem dizer que tentaram ajudar mas que a adesão foi pouca. Existem pormenores que devem ser melhor explicados sobre este processo, no entanto o certo é que vou estar atento às despesas que farei a partir de agora em alojamento, cultura e restauração para perceber se o valor do IVA vai ficando acumulado no IVAucher como demonstram no que foi revelado. 

3 Comentários

  • Visitei o teu texto, podes não esclarecer com tanta exatidão mas dás mais a tua opinião, o que destaco pela positiva. A verdade é que isto não passa de um atirar areia para os olhos de quem viu os seus negócios sofrerem nos últimos tempos e que ainda hoje continuam a penar pelos horários e receios dos consumidores. Isto é aquela clara demonstração do "nós estamos a ajudar" para depois poderem afirma que fizeram mas que a aderência foi pouca.
  • Normalmente a aderência é sempre pouca, até por todos os entraves que são colocados.
    Abraço.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.