Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Citações | 39 | Livre de silêncios

silêncio

 

Quando só escuto silêncio, já sei que estou numa ditadura.

Miguel Sousa Tavares em Não Te Deixarei Morrer, David Crockett

 

Li a frase que Miguel Sousa Tavares publicou num dos seus textos no livro Não Te Deixarei Morrer, David Crockett e rapidamente a tirei de contexto e fui transportado para o meio laboral. Felizmente que ao longo de mais de quinze anos, em três empresas por onde passei, nunca senti que estivesse a movimentar-me entre empregadores que olhavam para as suas equipas de forma ditatorial. No entanto sei, em conversas que vão surgindo, que existe muito local de trabalho em que quase que se torna obrigatório o silêncio com uma rigidez total sem dar espaço de manobra para que a equipa funcione sem que existam constrangimentos para com o convívio entre pessoas que passam por vezes mais de oito horas do dia lado-a-lado e em que é necessário, para um bem comum de trabalho coletivo, conviver e criar relações, que não têm de passar para fora do ambiente de trabalho, mas que convém existir dentro daquele período em que se um falha todos podem falhar de seguida. 

Felizmente que não sei o que é trabalhar num sistema de ditadura, mas se sentisse que em algum momento seria esse o caminho que pretendiam seguir seria dos primeiros a falar e a bater com a porta se nada fosse feito para criar um bom ambiente, sem silêncios, uma vez que sou e sempre fui defensor que para se trabalhar bem não é necessário entrar e sair mudo do local, sendo bem mais fácil se tudo for levado de bom grado entre um bom ambiente de convívio e dentro das normas, claro. Cada qual tem direito ao seu espaço de opinião, claramente prevalecendo quem está por cima, no entanto sem pisar, cair no grande erro que muitos ainda acreditam de enxovalhar, exigir e mostrar que estão a fazer um favor ao próximo por lhe entregarem um lugar onde possam ganhar o seu sustento. 

Claro que esta citação de Miguel Sousa Tavares no seu livro Não Te Deixarei Morrer, David Crockett leva o leitor para outros tempos históricos e territórios, no entanto entre nós, em pleno século XXI em Portugal, ainda podemos olhar em torno do que nos rodeia e perceber que vagueiam por ai mentes tão antigas que defendem que é no silêncio que circula o correto, que todos devem seguir uma linha reta, fazendo o que se acha como certo sem desviar pensamentos, emitir opiniões e ganhar voz numa sociedade que se quer livre. Não te deixes convencer pelos silêncios se os mesmos forem impostos e liberta-te, seja em casa, no emprego e onde quer que estejas porque hoje vives numa sociedade livre e sem ditadura. 

 

 

Sabe mais sobre Não Te Deixarei Morrer, David Crockett, de Miguel Sousa Tavares

não te deixarei morrer david crockett.jpg

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.