Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

18
Dez18

Comércio de Natal aceita pessoas Simpáticas

O Informador

natal compras.jpg

Quem trabalha na área comercial e em pontos mais fortes com produtos adequados para oferecer na época de Natal deverá reconhecer o que irei partilhar neste texto. Muitas das pessoas que andam às compras do presente ideal entram em lojas com falta de paciência, para comprarem o que aparecer, sem mostrarem qualquer tipo de gosto pelo que levam e ainda menos interesse em comprar. Se não querem oferecer e se o fazem contra vontade porque seguem com a ideia em frente?

A falta de paciência e simpatia por estes dias parecem desaparecer da vida de muitos portugueses que partem para centros comerciais e ruas de comércio tradicional por obrigação e sem qualquer vontade. Compram o que não gostam, refilam porque estão a gastar dinheiro e no momento da escolha acabam por revelar a situação com os seus modos menos dignos.

Se não gostam de gastar dinheiro com os outros optem por presentes originais feitos em casa e que por vezes conseguem revelar um muito maior simbolismo. Não enfrentem o comércio como uma obrigação. Entram em lojas mal dispostos, de cara fechada e sem interesse, isto porque têm de comprar o que nem sabem e nem conseguem deixar que a simpatia lhes faça companhia no momento em que chegam, fingem não ouvir um simples «bom dia», respondem mal e ainda conseguem ser indelicados para que seja tudo feito com pressa porque o objetivo é despachar um dos pesos pesados do mês de Dezembro, as compras de Natal. 

Afinal de contas presentear as pessoas de quem gostamos com gastos extra no orçamento é um ato simpático e feito com carinho ou uma autêntica obrigação que determina contradições entre a vontade que não existe e o que é socialmente esperado?

Se não querem comprar presentes, gastar dinheiro e vão para as compras com pressa e de maus modos deixem-se ficar em casa, façam-se de esquecidos e acabem por revelar o que verdadeiramente lhes vai na alma, dando sim atenção a quem vos está próximo com gestos merecedores e não com presentes sorteados numa lotaria de escolhas quase que impostas.

Isto é como tudo na vida... Fazer o que quer que seja porque sim e sem gosto é um sinal negativo e de falta de personalidade por continuarem a seguir uma linha previamente estabelecida por uma sociedade consumista que não tem nem deve ser seguida como uma obrigação. 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

young-adult-50-mrec

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Comentários recentes

Pesquisar

Atual Leitura
Top mais vendidos Wook