Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

19
Set18

Credores | Teatro da Trindade

| O Informador

credores.jpg

Credores, escrito por August Strindberg em 1888, ano em que escreveu também Menina Júlia, centra-se na frágil relação de um casal, ameaçada pela chegada de um estranho.

Adolfo é um jovem pintor muito devoto à sua mulher, Tekla. Depois de se tornar amigo do professor Gustavo, o tal estranho, Adolfo vê-se enredado numa teia que o faz duvidar do carácter da sua própria mulher.

A peça expõe conflitos e questões que, mesmo após 130 anos, continuam atuais. Despe-nos daquilo que é o mais importante da nossa existência - o nosso posicionamento numa relação a dois, o modo como habitamos esse amor e estabelecemos esse equilíbrio em constante dinâmica. Apesar do tempo passado, a narrativa dialoga bem com a época contemporânea, característica que comprova o lado visionário do dramaturgo sueco.

 

Texto August Strindberg

Tradução João Paulo Esteves da Silva

Encenação Paulo Pinto

Com Ivo Canelas, Paulo Pinto e Sofia Marques,

Cenografia / Figurinos Ana Limpinho 

Desenho de Luz Daniel Worm

Assistente de Encenação Nelson Cabral

Produção Executiva Patrícia Costa

Coprodução Teatro da Trindade INATEL e C.R.I.M. Produções

Apoios Fundação GDA, C.M. Lisboa e Polo Cultural Gaivotas

Escrito há mais de 130 anos, o texto Credores, da autoria do sueco August Strindberg e traduzido por João Paulo Esteves da Silva, é agora levado a palco no Teatro da Trindade através das interpretação de Ivo Canelas, Sofia Marques e Paulo Pinto, que também é o encenador do espetáculo.

Com base em três personagens que nutrem vários sentimentos ambíguos consigo próprios, este enredo desenvolve-se em torno de um casal que vive muito do ciúme e da falta de vontade. Adolfo é um pintor que tem na sua mulher Tekla a sua grande devoção. Tudo já não está bem entre o casal quando surge um ex-marido, Gustavo, que aparece para abanar com uma relação já de si frágil e que parece tão desequilibrada como estes três seres que vivem para cobrarem aos outros os seus males, julgando e colocando as forças negativas sobre quem lhe é mais próximo, magoando e desvalorizando.

Da manipulação à traição entre o passado e o presente, Credores é um texto intemporal que coloca várias questões sobre os conflitos pessoais, continuando sempre atual ao longo do tempo pela forma como os relacionamentos vão sendo processados. A forma de ativar os sentidos para que vejam os pontos negativos de quem está do outro lado, a chave para magoar e o conflito pessoal que em nada apazigua a relação perante o próximo é a chave deste texto bem explicativo e encadeado. 

Numa boa prestação de elenco, cenário simples e condizente com o que tem sido feito na Sala Estúdio do Teatro da Trindade, Credores estreou no passado dia 13 de Setembro e ficará em cena até 07 de Outubro. O tempo é curto, por isso quem quiser ver que se apresse. 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Atual Leitura
Top mais vendidos Wook

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Sofia

    Também tens razão! Estou a escrever a minha crítci...

  • O Informador

    Acho que estas sucessivas campanhas acabam por can...

  • Sofia

    Isso é bom para o consumidor!

  • O Informador

    A Fnac neste início de ano também anda imparável c...

  • Sofia

    Tive sorte no Continente e vou aproveitar na Fnac!

Mensagens

Pesquisar

Redes Sociais | Segue-me

Instagram Facebook Twitter Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. Goodreads

Última Leituras

Aconteceu em Paris
liked it
O título demonstra desde logo que o leitor irá visitar Paris. Amy acompanhou a sua amiga Kat até aos seus últimos dias de vida, mas as duas tinham um objetivo, viajar até à cidade do amor em segredo. Kat não conseguiu resistir mas Amy le...
O Pecado da Gueixa
liked it
A cultura japonesa está em grande destaque em O Pecado da Gueixa, através da perceção das regras comportamentais de um ninja, Hiro, protetor de um padre português, Mateus, que juntos irão investigar a morte de um samurai, Akechi-san, num...
O Silêncio da Cidade Branca
it was amazing
Nem sempre uma capa consegue representar o que está no seu interior, mas com O Silêncio da Cidade Branca primeiramente fui conquistado pela imagem que me remeteu para uma sinopse que conquistou. Já com esta obra em espera na mesa-de-cabe...

goodreads.com
BlogsPortugal
Bloglovin Follow

 Subscreve O Informador