Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Estreia do Big Brother Duplo Impacto

Concorrentes da discussão

vip-pt-52943-noticia-big-brother-duplo-impacto-eis

 

03 de Janeiro de 2021 e estreia a edição Duplo Impacto do Big Brother, fazendo uma autêntica mistura entre as duas últimas edições do reality show com o Secret Story e A Quinta. Esta nova temporada do reality show acaba por ser uma autêntica salada russa entre várias temporadas dos programas da vida real da TVI ao longo dos últimos anos e ao que parece, segundo a intenção, vai dar boom.

Sandrina, do Big Brother 2020, e Joana Diniz, do Secret Story 4, entraram diretamente do confessionário para a casa e ficaram a saber que o jogo vai ser feito em duplas e as concorrentes mais baixas em jogo são desde logo uma dupla improvável. Sandrina era mais que esperada num regresso a uma nova edição, já a Joana pensei que estivesse para sempre esquecida, mas afinal não. O que ambas têm a dar ao jogo? Uma a comédia com corte e costura pelo meio e a outra, com alguns anos de distância após a sua última aparição será uma surpresa mas muito virada para a discussão, segundo me parece. 

Quem também está de volta é o expulso do Big Brother 2020 Pedro Soá. Saiu a mal da sua edição e agora regressa para dizer que está diferente, mas que não gosta do Rui Pedro, o quarto concorrente a entrar, outro expulso mas do Big Brother Revolução, e com quem irá jogar em dupla. Não se gostam mas o Soá tem posição para atacar, já o Rui mostrou algum nervosismo perante o primeiro frente-a-frente que aconteceu no jardim da casa.

Teresa, a avó Tetecas, que discutiu com todos e mais algum no Big Brother 2020. Foi a cobra, a vilã e a mal dizente, agora regressa e já sinto que será mais do mesmo, já que a maldade não deixa o seu peão de lado assim tão facilmente. A Teresa diz estar preparada para o que der e vier e aposto que após lançar o seu veneno irá chorar em menos de nada por achar que todos estão contra si. 

E quem entrou uns dias após tendo saído? Pedro, o terceiro classificado do Big Brother Revolução e levou consigo a sua mãe, a Maria Antónia, a progenitora de sucesso dos últimos meses na plateia das galas. Mãe e filho entraram como infiltrados para o bunker e o que já é certo é que me ri bastante com esta dupla familiar e que de certo dará um refresh ao jogo quando entrarem na casa.

Gonçalo Quinaz, participou no programa A Quinta, não deu grande coisa ao jogo, e agora regressa, quem sabe pelos problemas familiares e de paternidade que têm surgindo na imprensa pelos últimos tempos. Não vejo outra justificação para esta entrada e o impacto com a sua entrada no jogo deve ser o mesmo de algumas plantas na edição anterior do reality show. Helena Isabel, vencedora do Secret Story 6, regressou de forma inesperada. Uma das bombas desta edição do Big Brother e que para mim estava fora do baralho de possibilidades para reentrarem na casa. Já gosto disto só por esta entrada que nem me lembre que podia acontecer. Gonçalo e Helena em dupla no jogo. Será que vai dar molho positivo? Por ela parece que sim!

E o que seria um Duplo Impacto do Big Brother sem a Joana de Cascais da Revolução? A guerrilha com Rui Pedro começou há uns meses dentro da casa e depois de continuar cá fora, eis que agora será em direto para o público que ambos vão poder desfolhar a zanga e o diz que disse pela imprensa ao longo das últimas semanas. Ambos dizem querer resolver a zanga, mas será mesmo que esquecerão o que foi dito e seguirão em frente? Duvido que esta relação volte a ser pacifica, mas a produção lá está a tentar apaziguar quando sabem que do nada irá virar discussão em poucos dias. A Joana estava tão magoada e sentiu-se violentada e agora entra como se nada fosse com o Rui Pedro? Racionalidade e maturidade são necessários! 

O Hélder voltou à casa sem necessidade alguma! Cansativo, homofóbico, infantil e inútil, qual o motivo de voltarem a colocar esta criança grande sem graça no jogo quando para nos animar já lá estão o Pedro e a Sandrina? Tirem o Hélder rapidamente da casa porque já todos demos para este peditório e duas vezes na mesma edição.

Quem também entrou foi a Anuska, a irmã da miss Yuri, que sempre quis entrar num reality show para ser famosa. Com alguma cunha lá conseguiu entrar nesta edição de tubarões e esta era uma concorrente tão desnecessária entre um lote de tubarões já com história que mal entrou que já podia sair.

Após duas entradas desnecessárias, eis que regressa ao ecrã o famoso Bruno Savate, que no Secret Story entrou na casa com uma namorada e duas ex, tendo terminado a edição a namorar com outra concorrente. Entrou em quatro reality shows e está pronto para jogar e atacar quem lhe pisar os calos em mais um jogo da vida real. Uma entrada bem conseguida e que já provou com o tempo que não gosta de brincar às casinhas quando entra em jogo.

E quem chegou quase no fim? Noééééééélia, que diretamente de Tavira, voltou para a casa da Ericeira com o seu sentido de humor único e pronta para ser como antes e discutir sem responder com os restantes. Noélia teve de escolher o seu par entre Teresa e Hélder e para si entre o mal e o mal escolheu o Hélder por achar a Teresa inconstante. 

E la chegou a triste e desistente Sónia. Chorou e fez birras, discutiu e gritou até desistir e que bem o fez. Agora voltou a entrar em Duplo Impacto para começar a dizer daqui a uns dias que está com saudades das filhas e do marido. Jura que não vai desistir desta vez, então teremos de a aguentar até que seja tirada pelo público, o que não deve ser difícil assim que existir oportunidade.

No final Joana, Teresa e Sónia não tinham par, Teresa teve de escolher uma das duas, deixando Joana livre e sem saber a eleger assim a primeira líder do Duplo Impacto. Com isto logo surgiu a primeira birra do Rui Pedro que ao não ver a sua Jéssica Antunes entrar começou a ameaçar desistir com as suas birras já conhecidas. A produção devia de ter vergonha de convidar este estilo de concorrentes com birras e falsetes a torto e a direito. 

Duplas nomearam duplas e no final e com as contas feitas e já com os concorrentes do bunker a darem a volta ao jogo, eis que os concorrentes que ficaram a votação dos portugueses para um sair no próximo Domingo foram Anuska, Bruno Savate, Gonçalo Quinaz, Hélder, Helena e Noélia. Embora estejam no jogo em duplas e sejam nomeados dessa forma, na votação do público vão a votos a solo e só um deverá sair na próxima semana.

A surpresa da noite recai, além da entrada de alguns concorrentes, mesmo na dupla de apresentadores. Cláudio Ramos regressou ao Big Brother para se juntar a Teresa Guilherme no Duplo Impacto e não é que ao contrário do que pensei os dois juntos estrearam em bom e bem sintonizados?! Deu para perceber que estava tudo muito bem ensaiado mas pareceu que a apresentação fluiu excelentemente e correu da melhor maneira do início ao fim, com um Cláudio bem solto, ao contrário da sua estreia no Big Brother 2020, a criar ambiente e a animar a noite. Teresa sempre livre e sem papas na língua. Os dois juntos e em bom, que assim continuem, já que a rigidez na apresentação da Teresa e a boa disposição do Cláudio resultaram na perfeição em comunhão. 

4 Comentários

  • A edição 2020 que o Cláudio apresentou era a estreia dele na TVI e em horário nobre. Agora, além de já ter ganho estaleca por ser o segundo, também já está bem integrado na família TVI e isso nota-se mesmo nas suas aparições ao longo dos últimos meses nos diversos programas onde foi sendo inserido. A dupla funcionou bem melhor que esperava, tanto porque o Cláudio desmontou a rigidez do alinhamento da Teresa como por ela se ter deixado levar pelas brincadeiras dele e o público percebeu a boa comunicação entre os dois e gostou.
    Esta edição não tem nada de causas, tem tudo para as guerras e polémicas, mas não é isso que o público quer de novo?
  • Perfil Facebook

    Cláudia C Silva

    06.01.21

    Discordo. Acho que as pessoas já estão fartas sempre das mesmas polémicas, que o BB2020 foi revolucionário por trazer causas e debates importantes a público e algumas pessoas (essencialmente os "sensatos") com conteúdo. A Revolução foi uma seca e agora este duplo impacto está a ser mais do mesmo. Achei q realmente o mundo dos reality shows tinha mudado definitivamente com o bb2020 mas agora vejo que regrediram.
  • Com o Duplo Impacto é claramente um regresso ao passado onde a polémica da discussão e dos gritos constantes rendiam audiências pelo interesse do público por ver peixeirada em direto. O BB2020 marcou a diferença pela forma como tudo foi feito e apresentado, depois na Revolução o grande erro de casting da maioria dos concorrentes fez com que se perdesse interesse no formato. Agora vejo um maior envolvimento do público, não pelas causas que nem existem, mas sim pela polémica, tendo a direção do canal pensado na audiência fácil.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.