Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Informador

Gente Feita de Terra | Carla M. Soares

Cultura Editora

gente feita de terra.jpg

Título: Gente Feita de Terra

Autor: Carla M. Soares

Editora: Cultura Editora

Edição: 1ª Edição

Lançamento: Outubro de 2021

Páginas: 312

ISBN: 978-989-9039-69-8

Classificação: 4 em 5

 

Sinopse: Até onde terá de ir uma mulher para saber de que é feita?

Gente Feita de Terra conta a história de duas mulheres, mãe e filha, dos anos 60 até ao início do século XXI.

A mãe parte jovem de um Alentejo sem futuro, perseguindo um amor na Angola colonial portuguesa, que de princípio a recebe como lhe pertencesse, para depois a expulsar, como a todos, em desespero, mostrando-lhe que a pertença não passara de ilusão. A filha é uma jovem viúva que habita a Lisboa suburbana do nosso século, rápida e desenraizada, e que na história da mãe tenta perceber a que lugar pertence.

Gente Feita de Terra transforma, num estilo clássico e bem elaborado, as histórias recentes de Portugal e Angola, com as suas violentas atribulações, em sentimentos, sensações, sentidos de uma grande riqueza.

Serão os lugares o que as pessoas deles fazem, ou serão as pessoas o resultado dos lugares?

 

Opinião: Gente Feita de Terra entrega ao leitor uma história familiar onde conhecemos Filomena, filha, mãe e viúva, em 2015, que ao mesmo tempo que fala da sua vida atual, recorrendo à memória pessoal para lembrar o seu passado, conta também a história de um amor nem sempre auspicioso entre os seus pais, dando destaque ao lado de Brígida, a sua mãe. 

No presente a viver em Lisboa e com o passado da família em Moçamedes, Angola, Filomena recorda o momento em que se apaixonou pelo pai do seu filho e como se tornou mãe para ficar sozinha com uma criança nos braços. Com o tempo percebe que está na altura de deixar o seu refúgio para voltar a viver e rodear-se de pessoas na procura pela felicidade. Ao mesmo tempo, quase de forma paralela, é contada a história de Brígida que casou por amor, deixando o seu Alentejo e a boa vida da linha de Cascais para se deixar levar por amor para terras africanas onde percebeu que o prometido amor idílico não acontecia como lhe foi oferecido, estando destinado à solidão, traições e mentiras de casal que permaneceu junto mas de forma distante, tanto física como psicologicamente. 

Com uma história muito bem delineada e explicada, Carla M. Soares tem uma escrita bem cuidada de forma a conduzir o leitor que é convidado a estar ao lado das duas personagens centrais femininas, torcendo para que ambas consigam dar a volta ao que estão a viver em momentos e locais distantes. Cativando e reforçando a dor da traição e da perda, a escrita de Gente Feita de Terra chega ao leitor de forma exímia, simples e normalizada, sem criar demais, mostrando que Carla M. Soares tem consigo a ideia exata de como tem de passar ao leitor a sua criação. Comigo esta narrativa resultou muito bem, tendo ficando convencido com esta viagem de família do início ao fim. 

Se ficaste curioso, encomenda já o teu exemplar de Gente Feita de Terra, de Carla M. Soares

gente feita de terra capa.jpg

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.