Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Universitários-billboard

Inspecção obrigatória para motas

Os detentores de motos andam em protesto nacional devido à nova lei que obrigará motas e futuramente tractores e máquinas industriais a serem inspeccionados como os outros veículos a motor. Esta nova lei não faz sentido? Claro que faz, para mais quando todos andamos na estrada a circular sob rodas. 

A partir de Outubro deste ano, por 12,50€ mais IVA, as motos com cilindradas superiores a 250cc terão de passar pela inspecção obrigatória. A Associação Nacional de Centros de Inspecção Automóvel quer chegar também às motos a partir de 50cc mas por agora só as de nível superior ficarão sujeitas às novas regras. 

Sinceramente não entendo a razão dos proprietários de motos para andarem contra esta lei, mostrando assim uma certa irresponsabilidade. Andam na estrada, colocam em vários casos vidas em perigo porque ninguém está livre disso, e não querem ver os seus veículos a serem alvo de inspecção quando por vezes basta olhar para se perceber que algo não está bem com a mota que passa por nós com velocidade acima do normal. 

Uma lei obrigatória que peca por ser tardia!

4 Comentários

  • O que diz é que as modificações que fazem nas motas estão dentro da lei e que não devem ser inspeccionadas, é isso? Alteram tudo e mais alguma coisa sem qualquer controlo e nos carros qualquer mudança dá logo multa. Pago tanto de imposto de circulação do carro como você da mota e não me queixo porque quando comecei a conduzir a lei do imposto automóvel já existia, tal como a inspecção. Os proprietários de motos é que estão mal habituados por terem e poderem fazer tudo ao veículo sem que fossem registados.
    Quanto aos pagamentos por fora para que os veículos passem no teste, aí já é outra conversa e tem um nome... Pena essas coisas também não serem vistas! Ser vistas são só que as autoridades competentes nada fazem para evitar esse tipo de corrupção!
  • Sem imagem de perfil

    Pedro

    20.06.16

    Não escrevi que as modificações estão dentro da lei. Fui muito direto.
    Como é que diz que as alterações nos carros levam logo multa se o que não falta por aí são carros reprogramados e jipes com pneus enormes por averbar, com guinchos e snorkel sem estarem averbados no livrete?! Não se trata de " as motas" serem levadas ao colo e o restante ser prejudicado...trata-se de um País com lobbys em que só se pensa em chular dinheiro.

    O ponto de vista que defendo é que há alterações, quer nas motas quer nos carros, que os beneficiam em termos de segurança e performance, e a vinda das inspeções a motas em nada vai trazer rigor\segurança porque não é esse o objetivo do "dono" da decisão.

    Você está a ver uma mota ir à inspeção e fazer o teste dos rolos para ver a travagem e o estado dos amortecedores? Quem é que vai estar em cima dela, o dono ou o inspetor, porque quem lá estiver vai parar ao chão!!! Vão ver o que os faróis, as medidas dos pneus, os piscas que são pequenos...como se a malta desse piscas nas motas (salvo rara excepção). A única coisa vão ser os escapes e decibéis e vão começar os grupos de facebook com trocas de escapes para a inspeção e quando saírem de lá voltam ao que tinham! Utilidade da inspeção foi - 0
  • Atenção que não digo que esta medida não seja para beneficiar também alguns grupos, mas não estou contra a que as motos sejam inspeccionada por minha própria segurança!
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.