Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Informador

oportunidades-billboard
20
Jan20

Ler em todo o lado

ler.png

 

Nem sempre, mas por vezes acontece, estar a ler num local público onde existe barulho e alguma confusão em volta. A mim enquanto leitor é um hábito conseguir ler em todo o lado, mas para quem não lê com regularidade ou mesmo nunca existem questões que por vezes me são colocadas que parecem nem fazer sentido.

«Como consegues ler aqui?» Simples, se estás concentrado na leitura, a seguir a história com alguma intensidade, vives aquela leitura, estás com as personagens, ficando isolado entre quem passa, não vendo, não ouvindo e não existindo a perceção do que se está a passar. 

Quando andamos a ler um bom livro, daqueles que prendem e conseguem conquistar do início ao fim, o local onde avançamos na sua leitura é totalmente indiferente porque ficamos agarrados perante a história e nem o barulho, os solavancos dos transportes, o entra e sai de salas, arrastar de cadeiras e intensidade das conversas alheias servem de distração.

Não digo que não possam existir distrações, porque na rua, em casa, no trabalho, existem sempre pontos que nos podem levar a observação e pensamentos por outros sentidos, no entanto é possível existir concentração em qualquer local, desde que se façam as coisas com vontade e não somente porque sim ou por existir uma obrigação.

Um bom livro tem a capacidade de nos levar a viajar, sair de cada recanto e ficar desligado por aqueles momentos da vida alheia que vai passando sem nos marcar, já que o interesse está na ficção, deixando a realidade totalmente de lado. 

Nunca se esqueçam do lema «Ler faz bem!» e aproveitem as pequenas pausas para criarem bons hábitos em redor das boas obras literárias que diariamente são publicadas!

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.