Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Informador

Necessito de compras literárias

Há uns bons meses que tenho resistido a qualquer compra literária! Sim, confesso, que sinto a falta do ato de comprar um bom livro!

Primeiro porque andava viciado em comprar livros, tendo juntado mais de vinte para ler. Comprava três e lia por mês um ou dois!

Segundo, queria então diminuir o amontoado de espera que tenho por casa para conseguir despachar os não lidos, mas tem sido difícil avançar com a leitura!

Terceiro, nestes dois últimos meses, ao ainda ter mais de uma dezena em espera e saber que o aniversário está próximo e o Natal também, optei por não comprar porque aparecem sempre livros nessas alturas do ano aqui para o leitor. 

Quarto, em modo poupança e com exemplares em espera consigo assim colocar mais uns trocos, como os livros são caros no nosso país, na carteira, poupando e poupando para aí mais de quarenta euros na literatura que ainda não está a fazer falta. 

Tudo me tem ajudado a não comprar e a ficar controlado pelas livrarias, no entanto existe dentro deste ser uma vontade enorme de entrar dentro de uma loja e pegar naquele, naquele e no outro, carregá-los até à caixa e voltar a afirmar... Comprei novos livros! Yupi! Yupi! Yupi! Sim, era bom, mas ainda não é necessário!

3 Comentários

  • O pior é que essas ditas promoções também estão a terminar com as novas leis literárias que saíram há uns dias.
  • Imagem de perfil

    Sara 03.11.2015

    A lei do preço fixo só afecta livros editados à menos de um ano e meio - ela já existia antes, só ficou mais apertada ao que parece, porque as grandes cadeias faziam o que lhes apetecia - as promoções continuam como sempre, bem como a hora H e outras coisas do género...O Continente faz bastantes. Tudo fica na mesma como a lesma :)
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.