Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Universitários-billboard

Praia sem vento, sff!

praia

Acordas num dia de folga bem cedo, olhas para as temperaturas que se vão fazer por algumas praias do país e percebes que até irá estar um bom dia para se poder aproveitar e seguir até ao areal. E assim o fiz!

Temperaturas pareciam estar bem dispostas, estava com tempo, despachei-me, coloquei tudo no saco, passei pelo supermercado para acrescentar algumas coisas para o decurso do dia e segui direito ao litoral do país. Pelo caminho decidi para onde ir, cheguei, estacionei, tirei a tralha e antes de assentar material e estender a toalha percebi que o vento se fazia sentir de forma desagradável mas resolvi ter pensamento positivo de que tudo iria acalmar.

 

Claro que a ventania não acalmou e aqui o rapaz não gosta nada de nada de estar na praia a levar com areia nas trombas a todos os minutos, não estando confortável, não conseguindo abrir o livro por ficar logo cheio de areia, a toalha inundada e até o telemóvel sofreu. Nem hora e meia aguentei e voltei a desmontar a barraca, peguei em tudo e lá voltei para o carro, decidindo transformar o que seria um bom dia de praia numa espécie de passeio saloio pelas praias das redondezas. Fui piquenicando nas diversas paragens o que levei para sustentar o estômago ao longo do dia e a meio da tarde já estava de regresso a casa.

Comigo uma ida à praia tem de acontecer sem vento, caso contrário posso admitir que não há pão para malucos. 

 

2 Comentários

  • Praias do Oesta sem vento nem se podem chamar Praias do Oeste, não é? Hoje possivelmente esteve melhor, mas decidi nem tentar. Para a semana logo se verá se volto a tentar mas com outro destino ou não.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.