Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Informador

20
Out20

Ratched, uma vilã com história

Netflix

Ratched Netflix

 

1975 assinalava a estreia cinematográfica do filme de Milos Forman, o clássico Um Estranho no Ninho, onde a enfermeira Mildred Ratched se tornou célebre como uma das grandes vilãs do cinema. Em 2020 a Netflix voltou a recuperar esta história para nos abrilhantar com a presença de uma mulher calculista, fria, vingativa e preparada para abater quem se cruza no seu caminho, um enredo que mostra quem é esta mulher mesmo antes da história contada no filme. 

Acompanhando os primeiros dias de Ratched num hospital psiquiátrico como enfermeira, a série com o nome da personagem central acompanha o percurso desta mulher dentro da instituição, até ao atingir dos lugares cimeiros, numa ascencão bem rápida, estando numa luta constante entre as suas ambições e opções, tudo porque existe uma real causa por detrás de todas as mentiras, omissões, persuações e crimes que vão sendo cometidos, um passado que pesa no presente e pelo qual Ratched luta por um bem estar que não é só seu. Não quero contar muito desta história, podendo simplesmente revelar que esta primeira temporada da série protagonizada brilhantemente pela atriz Sarah Paulson, conta com um enredo que vive muito dos planos centrais numa conjugação entre um puzzle mental para mexer com todos os que a rodeiam de forma cordial e de forma a atingir os seus próprios fins com saídas quase perfeitas.

Num enredo que une suspense com toques de terror através dos métodos macabros dos tratamentos psiquiátricos feitos na altura e toques de romance, Ratched é aquela série em crescimento nestes primeiros episódios, sendo apresentada a história pesada para que aos poucos a forma mais humana e os próprios problemas pessoais passem para o ecrã, levando a uma ligeira alteração perante a forma como se vê a primeira versão desta mulher que pretende vingança e ao mesmo tempo salvação. 

Se gostei desta série? Gostei e percebi que a cada episódio queria saber um pouco mais sobre o que iria ser feito a seguir, já que a cada passo as motivações ganham novos e amplos contornos, principalmente quando as preparações não resultam no pretendido e tudo tem de ser registado de forma rápida para que não existam falhas nos planos delineados para que a salvação do passado, que congestiona o presente, seja feita de forma rápida e com sentido. 

Mas será que todos os esquemas darão resultado e Ratched conseguirá finalmente viver a sua vida em pleno? Uma questão que fica por resolver até ao final destes oito episódios que se irão desenvolver por novas temporadas pelos próximos tempos. 

Não é uma série geral, existindo de certo um público que goste de ver produções mais pesadas a alcançar pelo seu estilo lento e pausado, não só pela história como também pelo passado e algumas cenas mais paradas mas com todo o sentido dentro do que é contado.

Gostei e aguardo agora nova temporada, já que o final deixou tudo em aberto sobre a nova vida de Ratched, com que o passado ainda não ficou resolvido desta vez. 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.