Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Universitários-billboard

Sara Carreira | 1999-2020

sara-carreira.jpg

 

Definimos futuros, traçamos caminhos e neste 2020 particularmente difícil para todos pisamos caminhos complicados e pensados para não infringir o nosso próprio bem e o dos que nos são queridos. Cuidamos e tememos, debatemos o que está certo e errado sobre os caminhos que a comunidade tem definido nos últimos tempos a pensar numa recuperação para o bem social. E em que tudo isso interessa quando num simples segundo tudo pode mudar para sempre?

A morte inesperada e acidental de Sara Carreira define muito do que temos vindo a sentir ao longo deste ano sobre todos os comportamentos que têm sido exigidos a toda uma sociedade. Vamos ter cuidado, ficar como que meio isolados e distantes fisicamente de quem amamos e nos quer bem e depois, do nada, um fatídico acidente, em que uma vida vira nada, num facto que vai contra natura, para mais uma vida tão jovem de 21 anos, na flor da idade, com todos os sonhos ao seu alcance.

Uma jovem, numa família de sucesso e que tem mostrado desde sempre proteção e amor, os horizontes a serem definidos, as descobertas a acontecerem e quando menos se espera tudo termina, a felicidade após dias passados perante o seu aniversário, onde se festejou dentro das medidas festivas possíveis termina com um vazio, com um final para a Sara e uma dor trágica para o clã Carreira e todos os amigos e familiares que lhes são próximos.

A notícia deste fatídico acidente surgiu quando me preparava para dormir, vi a notificação de um site informativo no telemóvel, fui ao Twitter confirmar, todos já revelavam o nome da jovem mas a comunicação social adiava o momento mas era inevitável quando todos os envolvidos em redor estavam entre os nomes que se tinham dirigido ao local. Sara Carreira faleceu de imediato no local do acidente, não, não é possível, uma jovem de 21 anos morrer assim, mas a verdade é esta.

Sara Correia cresceu a ser acarinhada como a filha mais nova de Tony Carreira, seguia os passos na música do pai e dos irmãos e além de também trabalhar na moda iria experimentar a representação em 2021. Sara tinha tudo para conquistar o público e seguir uma vida repleta de felicidade, mas partiu, e agora o momento é de respeito por também quem cá fica e precisa do seu tempo.

Uma vida é sempre uma vida, mas quando parte cedo demais o lamento acaba por ser maior!

 

5 Comentários

  • Deixa-me só fazer um reparo, o canal público não mexeu na sua programação, dando mesmo um mau exemplo, mantendo um formato divertido ao longo da tarde com cantores e atores como convidados e com um João Paulo Rodrigues alegre e aos berros ao longo de quatro horas. Os dois canais privados é que tiveram o bom senso de alterarem as suas programações por respeito à família Carreira e mesmo aos cantores e músicos que ficaram sensibilizados com a morte da Sara. Ontem quando percebi o que estava a acontecer fiquei em choque, tão nova, mais uma jovem que nos deixa, mas rapidamente tentei alterar o pensamento e mesmo assim a noite não foi fácil para adormecer, já que este acontecimento trágico pode acontecer a qualquer um de nós ou a quem nos é próximo onde num simples segundo tudo muda.
  • Sem imagem de perfil

    Fernanda

    07.12.20

    Pois, é sempre uma enorme tragédia que pode acontecer a qualquer um de nós, mas para os artistas, é sempre muito mais complicado e para os fãs também é difícil, principalmente, nesta época de pandemia. Pois, ao que parece, a RTP1 deu o programa habitual, eu ainda vi um bocadinho, embora fosse pouco, mas deu para perceber que estava tudo contente. Os outros canais, esses sim, deram um bom exemplo.
  • Pena perceber que foi a estação pública a banalizar o tema e a seguir em festa pelo dia fora. Os exemplos ficam com quem os pratica e pelos bocados que espreitei vi uma dupla de apresentadores sempre com alta disposição e os convidados da mesma forma.
  • Sem imagem de perfil

    Fernanda

    11.12.20

    Enfim, temos pena que tenha sido assim, contudo, é assim a vida, umas vezes ri-se, outras vezes chora-se, o melhor é enfrentarmos tudo com um sorriso,
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.