Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Informador

Silêncio em torno da Feira do Livro

feira do livro lisboa 2022.svg

A 92ª Feira do Livro de Lisboa está prestes a começar e o silêncio em torno do evento este ano parece ser o lema privilegiado pela organização e várias editoras que marcarão presença no certame.

Ao contrário dos anos anteriores, o silêncio parece estar a ser o ponto chave na divulgação da programação do evento. As redes sociais da Feira do Livro pouco têm revelado, só adiantando datas - 25 de Agosto a 11 de Setembro -, o número de pavilhões - 340 - e os participantes - 140 -, sem revelarem muito da programação que será seguida ao longo das semanas, sem saírem as verdadeiras listas de lançamentos, as sessões de autógrafos, debates e eventos associados ao mundo literário, já para não falar da impossibilidade das listas diárias com os livros que estarão com descontos e promoções especiais.

O que se passa para tanto secretismo estar a acontecer ou será que deverei assumir uma falta de entusiasmo por parte dos interessados em divulgar o que estão a preparar para apresentarem na Feira do Livro de Lisboa, que mais uma vez se realiza no Parque Eduardo VII?

Como leitor e visitante não sou apreciador deste silêncio quase geral por parte de editoras e organização, o que começa a deixar algum dissabor antecipado para o que será o grande encontro literário do ano na nossa capital. 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.