Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

25-livros-em-ingles-filosofia-historia
23
Mar17

Vencedores de Quase Normal [24/25-03-2017]

| O Informador

No próximo dia 2 de Abril termina a primeira temporada de Quase Normal, o musical que conquistou os portugueses que esgotaram sessão após sessão o Auditório do Casino Estoril. Com Henrique Feist, Lúcia Moniz, Mariana Pacheco, Diogo Leite, Valter Mira e André Lourenço pelo palco e Nuno Feist encarregue do som, esta adaptação da Broadway chega agora ao fim mas até lá ainda pode ser vista de Quinta a Sábado, pelas 21h30 e ao Domingo pelas 17h00.

Quem irá poder ver já pelo próximo fim-de-semana o espetáculo são os sorteados do passatempo que esteve disponível pelos últimos dias aqui pelo blog. Com o recurso ao sistema de sorteio automático random.org, os sorteados para a sessão da próxima Sexta-feira, 24, foram a Kelly Mendes Ferreira, a Renata Germano, a Nádia Rei, o André Grilo e a Sara Fonseca. Já para Sábado os sorteados foram a Vanessa Reis e a Tânia Venâncio. Para ambos os dias os vencedores terão à sua espera convites duplos. 

Muitos Obrigado a todos os participantes!

quase normal cartaz 1.png

Sinopse: Next to Normal – “QUASE NORMAL” é um musical rock escrito por BrianYorkey e com música de Tom Kitt. Entre os ingredientes principais de um musical que vão desde a comédia ao drama, conta a história de uma mãe que luta contra a sua bipolaridade e os efeitos que esta doença e as tentativas da sua cura tem sobre a família. O musical também se debruça sobre outras temáticas como a perda, suicídio, uso de drogas, as éticas da psicologia moderna e o submundo da vida suburbana. O musical estreou-se Off Broadway em 2008 e venceu o prémio dos OuterCritics'CircleAward para BestScore (Melhor Partitura) bem como duas nomeações para os Drama DeskAwards nas categorias de Melhor Actriz e Melhor Partitura. Após a sua temporada Off-Broadway, foi apresentado na Arena Stage em Washington até finalmente chegar à Broadway em 2009.

Foi nomeado para 11 Tonys vencendo 3 – Melhor Partitura, Melhor Orquestração e Melhor Actriz. Venceu também o Prémio Pulitzer para Drama em 2010 sendo o oitavo musical de sempre a receber esta honra.

É unanimemente considerado um “poderoso musical rock que lida com questões de doenças mentais numa família suburbana, alargando assim a panóplia de assuntos que podem ser explorados em musicais”

Tradução: Henrique Feist

Interpretação: Lúcia Moniz, Henrique Feist, Mariana Pacheco, Valter Mira, André Lourenço, Diogo Leite

Encenador: Henrique Feist

Cenografia: EPC

Fotografia: Nuno Silva - Artepertinace

Produção: Artfeist Produções Artísticas

Ficha Artística: Direcção Musical - Nuno Feist

2 comentários

  • Imagem de perfil

    O Informador

    24.03.17

    Por acaso também concordo que este musical daria para não ser musical e passar simplesmente a ser peça normal com texto sem cantorias.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Sigam-me

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Comentários recentes

    Mensagens

    Pesquisar

    Posts destacados